top of page
Ronco-e-Apneia-Homem-Dormindo.jpg

Ronco & Apneia

A interrupção da respiração que pode matar

Tratamento

O tratamento do ronco e da apneia do sono tem como principal objetivo manter as vias respiratórias abertas para que a respiração não seja interrompida durante o sono e o fluxo de ar normalizado.
 

Distúrbios respiratórios do sono possuem causas fisiológicas complexas e a adoção de soluções que seguem “receitas caseiras” como como o uso chás, simpatias ou o uso de de remédios fitoterápicos, dispositivos nasais ou de adesivos, por exemplo, oferecem pouquíssimo ou nenhum efeito prático para resolver o problema.
 

Além disso, por não estarem tratando o ronco e a apneia efetivamente, existe o risco de o paciente desenvolver uma série de doenças graves. Dependendo da severidade dos distúrbios há, ainda, o risco de morte súbita durante a noite.
 

A indicação de tratamento mais eficaz passa, primeiramente, pela consulta com um profissional capacitado para diagnóstico da condição de saúde, do tipo e da severidade dos distúrbios respiratórios do sono no paciente.

fluxo respiratorio normalizado
Aparelho-Ronco-Apneia-NeoSleep-II.jpg

Com o diagnóstico em mãos, a indicação de tratamento pode variar de acordo com o tipo de apneia e a gravidade do distúrbio, e pode incluir mudanças no estilo de vida, uso de dispositivos de pressão positiva nas vias respiratórias (como CPAP), terapia com exercícios miofuncionais para fortalecimento da musculatura orofacial ou cirurgia.

Contudo, o aparelho intraoral de avanço mandibular costuma ser o mais indicado por especialistas em odontologia do sono por atender com eficiência e conforto a maioria dos casos.

O que é o ronco

O ronco é o barulho produzido pela respiração durante o sono, geralmente causado pela vibração das vias aéreas superiores (nariz e garganta) quando o fluxo de ar é obstruído. Isso pode ocorrer devido ao relaxamento dos músculos da garganta, estreitamento das vias aéreas superiores devido a excesso de tecido, consumo de álcool ou sedativos antes de dormir, excesso de peso, posição incorreta da mandíbula ou da língua. O ronco pode ser benigno, mas em alguns casos pode ser indicativo de problemas de saúde subjacentes, como apneia do sono, que requerem avaliação especializada e tratamento adequado.

Sistema respiratorio superior

O que é a apneia do sono

A apneia do sono é um distúrbio onde a respiração é interrompida breve e repetidamente por 10 segundos ou mais durante o sono, em uma frequência maior que 5 eventos por hora. Isso acontece quando as vias respiratórias ficam obstruídas devido a relaxamento excessivo da língua e dos músculos da garganta, impedindo o fluxo de ar e causando pausas na respiração. 
 

Mesmo que na maioria dos indivíduos os despertares sejam relativamente curtos, eles são seguidos de roncos altos ou engasgos que fragmentam e interrompem o ciclo do sono, causando altos níveis de fadiga e sonolência durante o dia, entre outros sintomas.
 

Além disso, essas interrupções podem ocorrer centenas de vezes durante a noite provocando quedas expressivas de oxigênio no organismo. Com isso, o ritmo dos batimentos cardíacos é elevado, estimulando a contração dos vasos sanguíneos, o que torna o problema um fator de risco para pressão alta e arritmia cardíaca, trazendo danos irreversíveis à saúde no longo prazo, podendo até levar o paciente à morte por infarto ou derrame.

Ronco-e-apneia-obstrucao-do-fluxo-de-ar_

Tipos de apneia do sono

Ronco-e-apneia-interrupcao-do-fluxo-de-ar.jpg

APNEIA OBSTRUTIVA DO SONO (OAS)

É o tipo mais comum de apneia. Acontece quando as vias respiratórias são bloqueadas parcial ou completamente durante o sono devido ao relaxamento excessivo dos músculos da garganta, causando interrupções na respiração.
 

Quando isso acontece, o paciente pode roncar ainda mais alto ou causar ruídos sufocantes enquanto tenta respirar.
 

Dependendo da gravidade a pessoa que sofre com esse distúrbio respiratório pode ter centenas de micro despertares ao longo de uma noite de sono, fazendo com que tenha um sono muito irregular e de má qualidade, além de trazer muito constrangimento.

Ronco-e-apneia-central2.jpg

APNEIA DO SONO CENTRAL (ACS)

É menos comum e ocorre quando o cérebro não envia os sinais corretos para os músculos respiratórios, resultando na interrupção da respiração.
 

Diferentemente da AOS, não há obstrução física nas vias respiratórias. Nesses casos, os músculos responsáveis pela respiração não recebem o sinal de que devem funcionar e, por isso, continuam estáticos. O que ocorre, então, não é uma obstrução da respiração, mas sim as vias aéreas que nem tentam respirar, por não receberem o comando para tal.
 

A apneia do sono central é causada especialmente por insuficiência cardíaca, acidente vascular cerebral, lesão de tronco de origem traumática, hipotireoidismo, insuficiência renal e por uso de medicamentos para dor.
 

Quem sofre deste distúrbio respiratório pode acordar sentindo falta de ar, dificuldades para dormir ou até para manter um sono regular.

Ronco-e-apneia-mista-do-sono2.jpg

APNEIA MISTA DO SONO

É uma combinação da apneia obstrutiva do sono e da apneia central do sono. É menos comum e apresenta características de ambos os tipos de apneia.

É importante destacar que apenas um profissional de saúde qualificado pode fazer um diagnóstico adequado do tipo de apneia do sono com base em exames clínicos, histórico médico e estudos do sono realizados em laboratório. 

Sintomas em adultos

Principais sintomas que alertam sobre a presença de um distúrbio respiratório do sono em adultos:

  • Ronco alto e frequente

  • Engasgos e sensação de sufocamento durante o sono

  • Dificuldades persistentes de iniciar ou permanecer dormindo

  • Despertar com falta de ar, roncos ou apneias testemunhadas

  • Alterações da memória e concentração

  • Perturbação do humor

  • Impulsividade ou agressividade

  • Prejuízo no funcionamento ocupacional ou social

  • Comportamentos anormais durante o sono: pesadelos, chutar, falar ou gritar

  • Comer de forma não controlada durante a noite

  • Sensações desconfortáveis nas pernas na hora de dormir

  • Ranger dos dentes

  • Acordar com dor de cabeça ou dor nos maxilares ou regiões auriculares

  • Sonolência diurna

  • Fadiga ou baixa energia

  • Falta de libido ou impotência sexual

Sono de ma qualidade provoca Irritabilidade e agressividade

Sintomas em crianças

Apesar de ser um problema comum entre adultos, a apneia obstrutiva do sono também pode afetar as crianças.

 

Além do ronco, os principais sintomas da apneia do sono são:

  • Respiração pela boca

  • Sono agitado

  • Dificuldade para respirar

  • Posições bizarras durante o sono

  • Sudorese

  • Xixi na cama

  • Hiperatividade

  • Déficit de atenção

  • Dificuldade de aprendizado

  • Irritabilidade

  • Baixo rendimento escolar

Ronco-e-apneia-Infantil_edited.jpg

Consequências para a saúde e o bem-estar

Ronco-e-apneia-consequencia-criancas_edi

Em crianças, de modo geral, a apneia aumenta a probabilidade de ocorrer:

  • Hiperatividade

  • Alterações na curva de crescimento

  • Aumento do risco de déficit de atenção e aprendizado

  • Desenvolvimento de doenças graves ao longo da vida

em adultos, aumenta o risco de:

  • Depressão

  • Diabetes

  • Obesidade

  • Aterosclerose

  • AVC

  • Infarto do miocárdio

  • Hipertensão arterial sistêmica

  • Insuficiência coronariana

  • Arritmia cardíaca

  • Diminuição da libido

  • Impotência sexual

  • Acidentes domésticos e de trânsito

Ronco-e-apneia-consequencia-adultos_edit

Diagnóstico

Para diagnosticar a doença, além do testemunho de pessoas que convivem com os portadores do ronco ou da apneia obstrutiva do sono e do histórico clínico do paciente é necessária uma avaliação profissional criteriosa.
 

Exames complementares podem ser solicitados para mapear a anatomia do sistema respiratório (radiografias ou tomografias) e o comportamento respiratório durante o sono (polissonografia) para confirmar e quantificar a severidade do distúrbio.

Ronco-e-apneia-diagnosticos.jpg

Não seja mais uma vítima do ronco e da apneia do sono.

Diagnosticar e tratar o ronco e apneia poderá evitar, ou diminuir consideravelmente, as consequências maléficas que essa doença traz para sua a saúde e bem-estar.

Exame-do-Sono-Biologix-Una-Odontologia.jpg

Exame do Sono Biologix

Conheça o moderno exame de polissonografia que ajuda a identificar os principais distúrbios respiratórios do sono e que você faz no conforto do seu lar, sem fios e eletrodos grudados no seu corpo.

bottom of page